Por menor que seja uma lesão na pele, haverá uma cicatriz como consequência. Essa cicatriz pode ser grande ou pequena e ter uma formação regular ou não. Quando a cicatriz fica aparente e fecha de forma marcante, o abalo emocional para o paciente pode ser grande. A boa notícia é que existem tratamentos capazes de amenizar esse aspecto. A cicatrização é influenciada por vários fatores, como a localização, a genética do paciente, a exposição externa e a forma como é realizada. A função do cirurgião plástico é orientar clinicamente sobre tratamentos tópicos e procedimentos invasivos ou não, que ajudem a melhorar o aspecto e a aparência da cicatriz.